Terça, 18 Dezembro 2018 16:52

Última RAE do ano faz balanço de projetos estratégicos e analisa alcance das metas nacionais

A 25ª Reunião de Análise da Estratégia (RAE), a última do ano, aconteceu nesta segunda-feira (17), no edifício-sede, com transmissão por videconferência para as unidades judiciais do Tocantins. Magistrados e servidores participaram do encontro que fez um balanço dos projetos estratégicos vigentes e analisou o alcance atual das metas nacionais.

No começo da reunião, a presidente do Tribunal, desembargadora Maria Regina Machado Guimarães, parabenizou a todos pela conquista recente do Selo Justiça em Números na categoria ouro, pelo regional. Segundo ela, o objetivo é estar entre os tribunais da categoria diamante no próximo ano. Sobre isso, a coordenadora da Gestão Estratégica, Fabiana Alves de Souza dos Santos, lembrou que os requisitos para aquisição do selo irão mudar a partir de 2019.

“O CNJ irá avaliar também quesitos como: governança, transparência, produtividade e qualidade”, ressaltou a servidora. De acordo com ela, a gestão participativa na elaboração das metas nacionais do Judiciário também contará para a aquisição do selo Justiça em Números. “Por isso, queremos reformular o modus operandi do regional nesse processo”, disse. O intuito é obter mais participação de magistrados, servidores e colaboradores da Décima Região.

Projetos estratégicos

A coordenadora prosseguiu lembrando que o próprio formato da RAE foi modificado em 2018 na tentativa de alcançar maior engajamento interno. As reuniões agora são temáticas. Nesta 25ª edição, por exemplo, o assunto principal foi o panorama dos projetos estratégicos. Dentre os projetos apresentados, o Projeto Consultoria Estratégica, a iniciativa de reformulação do site do regional, entre outros. O próximo encontro, que acontecerá em 2019, vai abordar a análise da estratégia do ponto de vista de sua formulação. O objetivo, segundo Fabiana, é fazer com que todos compreendam como são pensadas as metas e porquê delas serem importantes para o Tribunal.

Proposta

A implantação do Sistema Nacional de Custos foi proposta como projeto estratégico para 2019. A ideia foi apresentada na RAE pela secretária de Orçamento e Finanças, Susan Carla Lavarini dos Santos, que explicou a urgência e a relevância da iniciativa. Segundo ela, o sistema será obrigatório para todos os regionais da Justiça do Trabalho, que deverão operacionalizá-lo até o final de 2019. Contudo, a demanda requer o envolvimento da Secretaria de Tecnologia da Informação e Comunicações, que deverá implementar os requisitos técnicos necessários, como a implantação do Sistema de Gestão de Patrimônio.

fonte: Nucom

Última modificação em Terça, 18 Dezembro 2018 16:55

CONTATO

Coordenadoria de Gestão Estratégica - CDEST

Endereço: Setor de Autarquias Sul, Quadra 1, Bloco "D", Anexo I, Sala 303
               Ed. TRT 10 - Brasília/DF
               CEP: 70097-900

Telefones: (61) 3348-1486 / 3348 1344

E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

Redes Sociais