Quinta, 22 Junho 2017 14:12

TRT-10 debate as metas nacionais da Justiça do Trabalho para 2018

Servidores e magistrados do Tribunal Regional do Trabalho da 10ª Região (TRT-10) se reuniram na manhã desta quarta-feira (21), no Foro Trabalhista de Brasília, para debater as Metas Nacionais para o ano de 2018 da Justiça do Trabalho. Estiveram presentes ao evento a presidente da Associação dos Magistrados da Justiça do Trabalho da 10ª Região (Amatra X), juíza Rosarita Caron, doutor Antônio Alves Filho, representante da OAB-DF, representantes de Varas do Trabalho do DF e de áreas administrativas e judiciárias do Tribunal.

A ideia do encontro, de acordo com o juiz auxiliar da presidência do TRT-10 Alexandre de Azevedo Silva, que conduziu os debates, é discutir o tema com os servidores e magistrados da 10ª Região, para que quando os representantes do Tribunal forem participar do encontro nacional para a definição das metas para 2018, possam levar, de fato, a posição da base da 10ª Região sobre cada uma dessas metas. “É uma oportunidade de ouro para tentar mostrar e discutir algumas metas e construir, talvez, outros critérios ou até outras metas”, resumiu o magistrado.

Depois de explicar o que são metas e qual a importância de se conhecer e avaliar as metas existentes, o magistrado mostrou o mapa estratégico da Justiça do Trabalho, que traz metas sob as perspectivas de recursos (humanos), dos processos internos e dos impactos na sociedade. O juiz elencou as 13 metas da Justiça do Trabalho para, a partir daí, concentrar os debates nas metas relativas aos processos internos, que entre outras trata da redução do tempo médio de duração dos processos nas 1ª e 2ª instâncias.

O evento foi transmitido por meio de web-conferência e contou com a participação das Varas de Taguatinga, do Gama e do Estado do Tocantins.

 

Gestão participativa e democrática

 

A Administração do TRT-10 abriu consulta pública para elaboração das Metas Nacionais do Poder Judiciário para 2018 desde o dia 7 de junho e estará disponível até sexta-feira (23). O intuito da iniciativa é possibilitar que magistrados, servidores, procuradores, advogados e cidadãos interessados contribuam para o aperfeiçoamento da Justiça, especialmente, a do Trabalho.

O método de consulta pública oferece a oportunidade para que membros, usuários dos serviços do TRT-10 e o restante da sociedade participem do processo decisório das Metas Nacionais permitindo que também expressem suas opiniões. A proposta da gestão participativa e democrática é incentivar e desenvolver uma cultura de participação, fortalecendo as estruturas de governança e a atuação em rede, a fim de promover a integração do Poder Judiciário.

 

Metas nacionais

 

Formuladas anualmente, as Metas Nacionais têm por objetivo promover a convergência de esforços dos tribunais brasileiros no aperfeiçoamento do Poder Judiciário nacional, bem assim como contribuir para o cumprimento dos macrodesafios estabelecidos pela Resolução CNJ 198, de 2014. Essas metas são especificadas pelos segmentos de Justiça, observada a metodologia do Relatório Justiça em Números.

(Fonte: NUCOM)

 

⇒ Acesse a Consulta Pública 2017

 

Última modificação em Segunda, 07 Agosto 2017 15:42

CONTATO

Coordenadoria de Gestão Estratégica - CDEST

Endereço: Setor de Autarquias Sul, Quadra 1, Bloco "D", Anexo I, Sala 303
               Ed. TRT 10 - Brasília/DF
               CEP: 70097-900

Telefones: (61) 3348-1486 / 3348 1344

E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

Redes Sociais